COVID-19 Medidas e Informações

Docas e Marina

A requalificação urbanística da frente ribeirinha de Lisboa, iniciada nos anos 90 do século XX, devolveu o rio à cidade, sem perder o porto, o qual tem sido palco de grandes espetáculos de pirotecnia, concertos, exposições e outros.

Para a prática da náutica de recreio o Porto de Lisboa dispõe de quatro docas localizadas entre a zona de Belém e Alcântara, bem como uma importante infraestrutura logística multimodal para quem quer visitar a cidade (Carris - Autocarros e Elétricos, CP - Comboios de Portugal).

Consulte as características das docas e outras informações úteis no portal do Porto de Lisboa.

Na zona do Parque das Nações situa-se a marina. Consulte mais informação aqui.

 

Doca de Santo Amaro

Doca de Santo Amaro

Capacidade para 178 barcos, com lugares que permitem embarcações de 20 metros de comprimento.

Doca de Belém

Doca de Belém

Capacidade correspondente a 189 navios com lugares que permitem embarcações de 15 metros de comprimentos.

Doca do Bom Sucesso

Doca do Bom Sucesso

Capacidade até 160 embarcações, com lugares que permitem embarcações de 15 metros de comprimento.

Doca de Alcântara

Doca de Alcântara

Capacidade para 376 embarcações, com lugares que permitem embarcações de 20 metros de comprimento.

Marina do Parque das Nações

Marina do Parque das Nações

Uma marina no estuário do Tejo com 400 postos de amarração, destinados a embarcações até 25m na Bacia Sul e cruzeiros ou mega Iates até 230m na Ponte Cais.